15/01/12

Os Druidas

Druida é o espírito da natureza na sua forma mais humana.

A palavra druida é de origem céltica e, segundo o historiador romano Plínio o velho, está relacionada com o carvalho, que era considerada uma árvore sagrada para eles.
Os druidas foram membros de uma elevada ascendência Celta. Ocupavam os trabalhos de juízes, doutores, sacerdotes, adivinhos, magos, médicos, matemáticos,astrónomos alquimistas etc. Mas uma das suas maiores qualidades era o conhecimento da ciência dos cristais.
Dominavam quase todas as áreas das ciências exactas, como a matemática, cultivaram a música, a poesia, tinham notáveis conhecimentos de medicina natural, de fitoterapia, de agricultura e possuíam um avançado sistema filosófico muito semelhante ao dos neoplatônicos.
Embora possuíssem uma forma de escrita mágica conhecida pelo nome de escrita rúnica, não a usavam para gravar seus conhecimentos. Eles possuíram suficiente sabedoria a ponto de influenciarem outros povos e assim marcar profundamente a literatura da época, criando uma espécie de aura de mistério e misticismo.



Os celtas viam nas árvores não só a essência da vida, como também um recurso para prever o futuro. Curiosamente, este meio tão primitivo era considerado pelos druidas como o mais eficaz na hora de estabelecer um prognóstico sobre o destino de alguém. Ao observar todo o conjunto da árvore, desde suas raízes que se infiltram na terra até sua copa muito ou pouco frondosa, eles aconselhavam manter os olhos elevados, permanecer bem apoiado no solo e ter em conta que a natureza é tão previsível que após o tempo de queda das folhas vem outro de frio ou de neve, o que propicia o surgimento dos melhores brotos, justamente quando chega a época de fertilidade e da renovação da vida. 

Sem comentários:

Enviar um comentário