11/06/17

Poema do coração




Eu queria que o Amor estivesse realmente no coração,
e também a Bondade,
e a Sinceridade,
e tudo, e tudo o mais, tudo estivesse realmente no coração.
Então poderia dizer-vos:
"Meus amados irmãos,
falo-vos do coração",
ou então:
"com o coração nas mãos".

Mas o meu coração é como o dos compêndios.
Tem duas válvulas (a tricúspida e a mitral)
e os seus compartimentos (duas aurículas e dois ventrículos).
O sangue ao circular contrai-os e distende-os
segundo a obrigação das leis dos movimentos.

Por vezes acontece
ver-se um homem, sem querer, com os lábios apertados,
e uma lâmina baça e agreste, que endurece
a luz dos olhos em bisel cortados.
Parece então que o coração estremece.
Mas não.
Sabe-se, e muito bem, com fundamento prático,
que esse vento que sopra e ateia os incêndios,
é coisa do simpático.
Vem tudo nos compêndios.

Então, meninos!
Vamos à lição!
Em quantas partes se divide o coração?

Antonio Gedeão


01/04/17

“O destino escolhe quem vamos encontrar pela vida, as atitudes decidem quem permanecerão nela.” 

Castro Alves

O perfume é invólucro invisível, que encerra as formas da mulher bonita


13/03/17

Soneto de amor





Não me peças palavras, nem baladas,
Nem expressões, nem alma...Abre-me o seio,
Deixa cair as pálpebras pesadas,
E entre os seios me apertes sem receio.

Na tua boca sob a minha, ao meio,
Nossas línguas se busquem, desvairadas...
E que os meus flancos nus vibrem no enleio
Das tuas pernas ágeis e delgadas.

E em duas bocas uma língua..., - unidos,
Nós trocaremos beijos e gemidos,
Sentindo o nosso sangue misturar-se.

Depois... - abre os teus olhos, minha amada!
Enterra-os bem nos meus; não digas nada...
Deixa a Vida exprimir-se sem disfarce!

Jose Regio

21/02/17

Onde está ?



Onde fostes Alma mia,
para que tão belos prodígios se aninharam
brotando-te sonhos de ilusões
que instam a Alma ir à pós de trilhas
e sendeiros luminosos nunca percorridos?


Encontrastes nestas paragens de luz
graciosas conversas que brilham como estrelas,
que arrebatamento elevou teu ser nestes caminhos luminosos?



Que Luz guia a Alma para entrar no Templo do Saber
que olham desconcertados os Seres,
os astros e luzes que giram em mágico concerto
pela Mão invisível que tudo apresenta a dizer e compreender?


A Alma se ilusiona para fundir-se na Luz
que brilha na Eternidade extraindo de suas melodias
os Segredos guardados nas profundezas da alma.


Qual é o mistério que ali conduz
para beber na Fonte do Saber,
a Fonte das Águas Eternas
que elevam a Alma em gozo Celestial?


Onde está o Caminho que guia a Alma
ao Fogo e Luz do Eterno e Sublime Ser?



Celeste Cristal