15/11/17

A MULHER QUE PASSA



A MULHER QUE PASSA


Meu Deus, eu quero a mulher que passa.
Seu dorso frio é um campo de lírios
Tem sete cores nos seus cabelos
Sete esperanças na boca fresca!

Oh! como és linda, mulher que passas
Que me sacias e suplicias
Dentro das noites, dentro dos dias!

Teus sentimentos são poesia
Teus sofrimentos, melancolia.
Teus pelos leves são relva boa
Fresca e macia.
Teus belos braços são cisnes mansos
Longe das vozes da ventania.

Meu Deus, eu quero a mulher que passa!

Como te adoro, mulher que passas
Que vens e passas, que me sacias
Dentro das noites, dentro dos dias!
Por que me faltas, se te procuro?
Por que me odeias quando te juro
Que te perdia se me encontravas
E me encontrava se te perdias?

Por que não voltas, mulher que passas?
Por que não enches a minha vida?
Por que não voltas, mulher querida
Sempre perdida, nunca encontrada?
Por que não voltas à minha vida?
Para o que sofro não ser desgraça?

Meu Deus, eu quero a mulher que passa!
Eu quero-a agora, sem mais demora
A minha amada mulher que passa!

No santo nome do teu martírio
Do teu martírio que nunca cessa
Meu Deus, eu quero, quero depressa
A minha amada mulher que passa!

Que fica e passa, que pacifica
Que é tanto pura como devassa
Que boia leve como a cortiça
E tem raízes como a fumaça.
Vinicius

02/11/17

O amor é a asa veloz que Deus deu à alma para que ela voe até o céu.



28/10/17

Por Fin




Qué intenso es esto del amor

Qué garra tiene el corazón, sí
Jamás pensé que sucediera así
Bendita toda conexión
Entre tu alma y mi voz, sí
Jamás creí que me iba a suceder a mí

Por fin lo puedo sentir
Te conozco y te reconozco que por fin
Sé lo que es vivir
Con un suspiro en el pecho
Con cosquillas por dentro
Y por fin sé por qué estoy así
Tú me has hecho mejor, mejor de lo que era
Y entregaría mi voz a cambio de una vida entera
Tú me has hecho entender
Que aquí nada es eterno
Pero tu piel y mi piel
Pueden detener el tiempo, oh

No he parado de pensar
Hasta dónde soy capaz de llegar
Ya que mi vida está en tus manos y en tu boca
Me he convertido en lo que nunca imaginé
Has dividido en dos mi alma y mi ser
Porque una parte va contigo
Aunque a veces no lo sepas ver

Por fin lo puedo sentir
Te conozco y te reconozco que por fin
Sé lo que es vivir
Con un suspiro en el pecho
Con cosquillas por dentro
Y por fin sé por qué estoy así

Tú me has hecho mejor
Mejor de lo que era
Y entregaría mi voz
A cambio de una vida entera
Tú me has hecho entender
Que aquí nada es eterno
Pero tu piel y mi piel pueden
Detener el tiempo, oh

Mejor de lo que era
Aquí nada es eterno

Tanto

                                                                             
                                                            Tanto
Enséñame a rozarte lento,
Quiero aprender a quererte, de nuevo,
Susurrarte al oído, que puedo.
Si quieres te dejo un minuto,
Pensarte mis besos, mi cuerpo, y mi fuego,
Que yo espero si tardas, porque creo que te debo, mucho.

Ahora, que me he quedado solo,
Veo que te debo tanto y lo siento tanto,
Ahora, no aguantaré sin ti, no hay forma de seguir,
Así...

Vamos a jugar a escondernos,
Besarnos si de pronto nos vemos,
Desnúdame, y ya luego veremos,
Vamos a robarle el tiempo al tiempo.
Por mucho que aprieto tus manos,
Me cuesta creer que aún no te hayas marchado,
Me fundiré en tus labios,
Como se funden mis dedos en el piano.

Ahora, que me he quedado solo,
Veo que te debo tanto y lo siento tanto,
Ahora, no aguantaré sin ti, no hay forma de seguir,
Así...

Tú, que me enseñaste a ser sincero,
Sin temor a lo que pienso, evitando la mentira,
Tú, que siempre has estado presente
Y cuando no estaba la gente que tanto me prometía.
Tú, que me enseñaste a ser sincero,
Sin temor a lo que pienso, evitando la mentira,
Tú, que siempre has estado presente
Y cuando no estaba la gente que tanto me prometía.

Ahora, que me he quedado solo,
Veo que te debo tanto y lo siento tanto,
Ahora, no aguantaré sin ti, no hay forma de seguir,
Así, así, así, así, así, así, así, así..

24/10/17

Se Deus não lhe deu tudo que mais queria, é porque Ele tem coisa melhor para você.



Embora seja curta a vida que nos é dada pela natureza, é eterna a memória de uma vida bem empregada.

Cicero

22/10/17

O Amor É uma Companhia


O amor é uma companhia. 
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.
Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio.

Alberto Caeiro

06/10/17

11/06/17

Poema do coração




Eu queria que o Amor estivesse realmente no coração,
e também a Bondade,
e a Sinceridade,
e tudo, e tudo o mais, tudo estivesse realmente no coração.
Então poderia dizer-vos:
"Meus amados irmãos,
falo-vos do coração",
ou então:
"com o coração nas mãos".

Mas o meu coração é como o dos compêndios.
Tem duas válvulas (a tricúspida e a mitral)
e os seus compartimentos (duas aurículas e dois ventrículos).
O sangue ao circular contrai-os e distende-os
segundo a obrigação das leis dos movimentos.

Por vezes acontece
ver-se um homem, sem querer, com os lábios apertados,
e uma lâmina baça e agreste, que endurece
a luz dos olhos em bisel cortados.
Parece então que o coração estremece.
Mas não.
Sabe-se, e muito bem, com fundamento prático,
que esse vento que sopra e ateia os incêndios,
é coisa do simpático.
Vem tudo nos compêndios.

Então, meninos!
Vamos à lição!
Em quantas partes se divide o coração?

Antonio Gedeão


01/04/17

“O destino escolhe quem vamos encontrar pela vida, as atitudes decidem quem permanecerão nela.” 

Castro Alves

O perfume é invólucro invisível, que encerra as formas da mulher bonita


13/03/17

Soneto de amor





Não me peças palavras, nem baladas,
Nem expressões, nem alma...Abre-me o seio,
Deixa cair as pálpebras pesadas,
E entre os seios me apertes sem receio.

Na tua boca sob a minha, ao meio,
Nossas línguas se busquem, desvairadas...
E que os meus flancos nus vibrem no enleio
Das tuas pernas ágeis e delgadas.

E em duas bocas uma língua..., - unidos,
Nós trocaremos beijos e gemidos,
Sentindo o nosso sangue misturar-se.

Depois... - abre os teus olhos, minha amada!
Enterra-os bem nos meus; não digas nada...
Deixa a Vida exprimir-se sem disfarce!

Jose Regio

21/02/17

Onde está ?



Onde fostes Alma mia,
para que tão belos prodígios se aninharam
brotando-te sonhos de ilusões
que instam a Alma ir à pós de trilhas
e sendeiros luminosos nunca percorridos?


Encontrastes nestas paragens de luz
graciosas conversas que brilham como estrelas,
que arrebatamento elevou teu ser nestes caminhos luminosos?



Que Luz guia a Alma para entrar no Templo do Saber
que olham desconcertados os Seres,
os astros e luzes que giram em mágico concerto
pela Mão invisível que tudo apresenta a dizer e compreender?


A Alma se ilusiona para fundir-se na Luz
que brilha na Eternidade extraindo de suas melodias
os Segredos guardados nas profundezas da alma.


Qual é o mistério que ali conduz
para beber na Fonte do Saber,
a Fonte das Águas Eternas
que elevam a Alma em gozo Celestial?


Onde está o Caminho que guia a Alma
ao Fogo e Luz do Eterno e Sublime Ser?



Celeste Cristal

Estrela Guia


Desde os briosos cumes da juventude,
aparecestes no horizonte da minha vida.
Esplendorosa luz como a Estrela da Manhã,
tua fulgurante luz tocou meu ser.
Convertendo-te na minha Estrela Guia.
Quantas vezes meu céu se cobriu de nuvens,
perdendo a rota do caminho,
quantas vezes implorei, orei e te chamei,
mais não acudistes ao meu clamor.

No passar dos anos tua santa presença,
foi sentida mais não tocada,
guiando meus passos.
Hoje no ocaso da vida, novamente surges.
irradiando tua luz que inundou meu ser.
Se alguém perguntasse:
aonde vás peregrino?

Responderei: Não o sei,
somente sigo minha Estrela Guia,
que me levará a Ti, Meu Senhor,
para encontrar a Luz,
e Tua Paz que encobre a Eternidade.

Por Celeste Cristal

26/01/17

Oh! Chama de amor viva




“Oh! Chama de amor viva

que ternamente feres

De minha alma no mais profundo centro!

Pois não és mais esquiva,

Acaba já, se queres,

Ah! Rompe a tela deste doce encontro.


Oh! Cautério suave!

Oh! Regalada chaga!

Oh! Branda mão! Oh! Toque delicado

Que a vida eterna sabe,

E paga toda dívida!

Matando, a morte em vida me hás trocado.

Oh! Lâmpadas de fogo

Em cujos resplendores

As profundas cavernas do sentido,

– que estava escuro e cego, –

Com estranhos primores

Calor e luz dão junto a seu Querido!


Oh! Quão manso e amoroso

Despertas em meu seio

Onde tu só secretamente moras:

Nesse aspirar gostoso,

De bens e glória cheio,

Quão delicadamente me enamoras!”

São Joao da Cruz

FIZ A CAMA DE AÇUCENAS





Fiz a cama de açucenas
macias como o cetim
os lençóis eram poemas
guardados dentro de mim
vesti rosas de toucar
nos cabelos meti laços
nem vi o dia chegar
esquecida nos teus braços


No tapete feito de heras
sulcados de margaridas
floriam primaveras
a perfumar nossas vidas
misturei flores e beijos
num fio ao meu pescoço
dei asas aos meus desejos
loucuras dum sonho moço


Mudaram-se as estações
murcharam as açucenas
mas nos nosso corações
nasceram novos poemas
despi rosas desfiz laços
guardei a minha saudade
só presa nos teus abraços
me sinto em liberdade


Alice Queiroz

GIGANTES E ANÕES




Donde vimos para onde vamos
o que somos pouco importa
importa se na passagem
algo de bom semeamos
durante a nossa viagem


Escondemos sentimentos
guardamos dentro de nós
alguns sonhos pertinentes
que se fossemos diferentes
ganhariam corpo e voz


Julgamos ser importantes
mas em tantas ocasiões
somos medrosos distantes
deixamos de ser gigantes
somos apenas anões


Precisamos uns dos outros
todos nós somos iguais
neste mundo de loucos
mesmo juntos somos poucos
e o mundo grande demais

Alice Queiroz

A Beleza é uma Construção Cerebral.




A beleza consome e dá de consumo, 
vem de um lado que ninguém conhece, 
constrói-se com os minutos, com o tempo de degustação,
há pessoas que foram ficando bonitas pela repetição, 
vamo-las vendo e vamos percebendo traços novos, 
traços diferentes, como se o rosto tivesse vários rostos em si 
uma matrioska estética, temos vários rostos no nosso, 
ou vários olhares no que olhamos,
a beleza é um processo de inteligência 
uma construção cerebral.

Pedro Freitas Chagas