10/08/10

POR TEU AMOR

O meu poema tem corpo alma e voz.
Tem todas aquelas coisas que te dei.
Que nas palavras sentidas falo de nós
e tu sabes que me escrevo como sei ainda 
que teu nome eu abrace a sós.

O meu poema tem o rosto e a imagem de tudo
o que encontras quando vens.
Com tua boca deixar o corpo na viagem das
palavras onde estás, onde me tens, igual ao
que sou nesta terra selvagem.

O amor não tem muito mais que poesia.
Que mesmo no silêncio a alma respira o perfume
de um poema que nos sacia com um sentir que nos
toca e suspira para mostrar outro mundo em cada dia.

No meu poema não cai o esquecimento que já o todo
se ergue para arrebatar a mão que escreve no doce momento
em que me encontras com o teu olhar e pôes no coração
todo esse sentimento.

Se no quebrar da onda o mar te deixar, o poeta com o seu
canto de emoções terás o ser que nasceu para te abraçar,
e contigo ficar em sublimes sensações a devorar os dias
no desejo de te amar.

No meu poema a inspiração já se deitou.
No quarto onde temos só uma janela, que abrindo,
a lua entra, porque te dou o beijo da palavra, e o que
sobra dela sempre que me queiras tal como eu sou.

09/08/10

DESASOSSEGO

Sinto nas horas, o desasossego de estar...
tão perto e tão longe do que tu me dás,
lá fora o mundo corre, e eu sem o notar
fecho as janelas, onde sei que não estás
que só me interessa, o teu ser encontrar.

Nossos momentos escorrem nesta espera
vejo nitidamente até os beijos que te dei
e cobrindo teu corpo com instinto de fera
nele, gota a gota, o néctar do amor deixei...
que de ti, já tinha, o perfume da primavera.

Beijo a imaginação dos meus dedos a cair
como chuva de sentidos que vai escorrer
por cada gemido que em tua boca sumir
para dar lugar aos nossos actos de prazer
e assim contigo o outro mundo descobrir...

Sei que, nesta minha espera, já aconteceu
um desasossego que me leva a desejar ter
sempre um antes e depois neste céu
onde te vejo abraçada a mim para falar...
dos sonhos que construimos só tu e eu.

A madrugada tem silêncios por onde vou
quero em cada hora deixar o meu passado
e olhando o futuro vejo que contigo estou.
É o teu amor que me faz sentir mais amado
é a ti que quero, e sempre meu ser sonhou.

F.Corte Real