15/10/11

Amor Amor Amor...


Quando digo que te amo, digo tudo.
Nenhum outro complemento é necessário
e não há margem para adjetivações.

Eu, por exemplo, te amo assim.
Por que acrescentar que meu amor
é eterno, pleno, imensurável,
se ele ultrapassa todos esses limites?

Jamais direi que te amo tanto,
se te amo tudo.

Fica criada na gramática da língua
uma nova categoria de verbos.
Na escola doravante todos aprenderemos
que amar é verbo rechonchudo,
assim definido o de sentido pleno, absoluto,
que, quando usado, deixa no interlocutor
a sensação de que nada mais há por ser dito.

A não ser, talvez,
As observações próprias do espanto
que a revelação venha a causar
nas almas envolvidas.

Porque amar é coisa séria,
capaz de mudar nossas vidas
e fazer sangrar sentimentos.
"Solange Rech"

( Este poema é tudo o que eu sinto por alguém: que tudo em ti amo.)
    Nanda


14/10/11

Voe, voe, voe...

De tudo o que existe,
o mais importante está dentro de você.
São as suas qualidades de coragem,
confiança e amor que querem brilhar,
produzir resultados, dar-lhe saúde e paz .


Ponha-as em uso, visando realização,
melhoria e pacificação,
e verá fluírem de dentro
como um pássaro restituído à liberdade.

Renove-se.
Trabalhe com confiança.
Aja com fé no dia de hoje e no de amanhã.
Confie nas suas qualidades,
porque são de Deus.
Tudo melhora por fora
para quem melhora por dentro.

Você é um pássaro preso
quando prende as suas qualidades.
Por isso, voe, mas voe bem alto
e verá do que você é capaz ...

AMOR


Amor é o sol que não cobra por seus raios.
É o ar que preenche todos os recipientes
por dentro e os envolve por fora.
É o oceano que aceita toda sorte de rio,
sem se importar com a procedência.

É a árvore que não se gaba ao dar sombra e
abrigo e se curva para oferecer seus frutos.
É a água do mar que derrete
as pedras inflexíveis da arrogância.
É a água do rio que sacia a sede de
todos os seres que vêm à sua margem.

É o convite do sábio que ama o que
sabe, e sabe o que ama.
É um coração grande que acomoda
o universo inteiro, e no qual ainda
sobra espaço.

O'Donnell, Ken


13/10/11

O Amor é Inevitável


(O Amor) É inevitável, faz parte da combustão da natureza,
é força, mar, elemento, água, fogo, destruição, é atmosfera,
respira-se, quando se morre abandona-se, o amor deixa, fica isolado,
é um elemento, come-se, bebe-se, sustenta pão, pão diário para rico e pobre,
pão que ilumina o forno do amassador, aparece nas condições mais estranhas,
bicho que nasce, copula dentro de si mesmo, paira, espermatozóide e óvulo,
as duas coisas ao mesmo tempo, amor é assim outro elemento fundamental da natureza,
as pessoas vivem tanto com o amor, ou tão alheias do amor, que nem notam,
raro percebem que o amor existe, raro percebem que respiram, que a água está,
é indispensável, ninguém pode viver alheio aos elementos, ao amor.

Ruben A.

12/10/11

Algumas lembranças do meu tempo de criança...

Estas eram duas das farinhas que minha mãe me dava e que eu gostava bastante.
 Eram os meus chocolates favoritos... as bonitas sombrinhas, o que eu comia!!!

O livro da primeira classe


 
A nossa máquina de calcular  fantástica. 
Aprendi a tabuada de cor a cantar... e até aos dias de hoje eu nunca me esqueci  de a dizer .
A minha bebida perdilecta

A engraçada garrafinha redonda.

Lindoooo

Bonito tema

Recordações de bons tempos...