13/10/12

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa


A Amizade é Indispensável ao Nosso Ser


A amizade é a única coisa cuja utilidade é unanimemente reconhecida. A própria virtude tem muitos delatores  que a acusam de ostentação e charlatanismo. Muitos desprezam as riquezas e, contentes de pouco, agradam-se da mediocridade. As honras, à procura da qual se matam tanto as pessoas, quantos outros as desdenham até olhá-las como o que há de mais fútil e de mais frívolo? E, assim, quanto ao mais! O que a uns parece admirável, ao juízo doutros nada é. Mas quanto à amizade, toda a gente está de acordo: os que se ocupam dos negócios públicos, os que se apaixonaram pelo estudo e pelas indagações sapientes, e os que, longe do bulício, limitam os seus cuidados aos seus interesses privados: todos enfim, aqueles mesmos que se entregaram todos inteiros aos prazeres, declaram que a vida nada é sem a amizade, por pouco que queiram reservar a sua para algum sentimento honorável.
Ela se insinua, com efeito, não sei como, no coração de todos os homens e não se admite que, sem ela, possa passar nenhuma condição da vida. Bem mais, se é um homem de natureza selvagem, muito feroz para odiar seus semelhantes e fugir do seu contacto, como fazia, diz-se, não sei mais que Timon de Atenas. É preciso ainda que este homem procure um confidente no seio do qual possa verter o seu veneno e o seu ódio. A necessidade da amizade será ainda mais evidente, se ele pudesse admitir que um Deus nos tirasse do seio da sociedade para nos colocar numa solidão profunda, onde, fornecendo-nos em abundância tudo o que a natureza nos pode propinar, nos subtraísse ao mesmo passo a esperança e os meios de ver jamais qualquer face humana. 

Qual é a alma de ferro que suportaria uma tal existência e a quem a solidão não tornaria insípidos todos os gozos? Assim tenho por verdadeiras as palavras de Arquitas de Taranto, que entendi recordar a velhos que as ouviram eles próprios de seus pais: «se alguém subir ao céu, e de lá contemplar a beleza do universo e dos astros, todas essas maravilhas deixá-lo-ao indiferente, enquanto o embasbacarão de surpresa se tiver de contá-las a alguém». Assim, a natureza do homem se recusa à solidão, e parece sempre procurar um apoio: e não o há mais doce que o coração de um terno amigo. 


Cícero, in 'Diálogo sobre a Amizade


Deve existir algo estranhamente sagrado no sal; está em nossas lágrimas e no mar.

A Tear And A Smile



I would not exchange the sorrows of my heart
for the joys of the multitude.
And I would not have the tears that sadness makes
to flow from my every part turn into laughter.

I would that my life remain a tear and a smile.

A tear to purify my heart and give me understanding
of life's secrets and hidden things.
A smile to draw me nigh to the sons of my kind and
to be a symbol of my glorification of the gods.

A tear to unite me with those of broken heart;
a smile to be a sign of my joy in existence.
I would rather that I died in yearning and longing than
that I live weary and despairing.
I want the hunger for love and beauty to be in the
depths of my spirit,for I have seen those who are
satisfied the most wretched of people.

I have heard the sigh of those in yearning and longing,
and it is sweeter than the sweetest melody.
With evening's coming the flower folds her petals
and sleeps, embracingher longing.
At morning's approach she opens her lips to meet
the sun's kiss.

The life of a flower is longing and fulfilment.
A tear and a smile.

The waters of the sea become vapor and rise and come
together and area cloud.

And the cloud floats above the hills and valleys
until it meets the gentle breeze, then falls weeping
to the fields and joins with brooks and rivers to return
to the sea, its home.

The life of clouds is a parting and a meeting.
A tear and a smile.

And so does the spirit become separated from
the greater spirit to move in the world of matter
and pass as a cloud over the mountain of sorrow
and the plains of joy to meet the breeze of death
and return whence it came.
To the ocean of Love and Beauty; to God.

 Kahlil Gibran

As 7 Leis Espirituais do Sucesso



O sucesso pessoal não é resultado de trabalho duro, planos precisos ou ambição desmedida, mas ao invés é o resultado da compreensão da nossa natureza básica como ser humano e de como seguir as leis da natureza. Entendermos essas leis e as aplicarmos em nossas vidas, tudo o que quisermos pode ser criado.

As 7 Leis espirituais do sucesso por Deepak Chopra

1. Lei da Potencialidade Pura – A fonte de toda criação é a consciência pura ou pura potencialidade buscando a expressão do não-manifesto para o manifesto. Com a prática diária do silêncio, da meditação, e do não-julgamento, e com a percepção de que nosso verdadeiro Eu é de pura potencialidade, nós nos alinhamos com o poder que tudo manifesta no Universo e obtemos o que desejamos.

2. Lei da Doação – O universo opera através de trocas dinâmicas. Dar e receber são diferentes aspectos do fluxo de energia. Com a nossa disposição de dar o que buscamos, mantemos a abundância do Universo em nossas vidas. A força motriz por trás da doação deve ser a felicidade – se quiser amor, alegria ou coisas boas, dê o mesmo aos outros.

3. Lei do karma ou Causa e Efeito – Colhemos o que plantamos. Toda acção gera uma força de energia que retorna de modo análogo. Quando nossas acções e escolhas conscientes trazem felicidade e sucesso para os outros, o fruto de nosso karma será alegria e sucesso.

4. Lei do Mínimo Esforço – A inteligência da natureza funciona sem esforço – as flores não tentam desabrochar, elas desabrocham; os pássaros não tentam voar, eles voam. Se buscamos poder, dinheiro ou felicidade para a satisfação do ego, desperdiçamos energia; mas se nossas acções são motivadas por amor, harmonia e alegria, nossa energia se multiplica e podemos usar o excedente para criar o que quisermos.

5. Lei da Intenção e do Desejo – “Inerente a toda intenção e desejo, está a mecânica para a sua realização. E quando colocamos uma intenção no campo da pura potencialidade, colocamos este poder organizador infinito para trabalhar para nós”. No nível da mecânica quântica, o universo é uma extensão de nosso corpo, e nossa intenção detona transformações de energia e informação, e organiza sua própria realização.

6. Lei do Distanciamento – No distanciamento está a sabedoria da incerteza, e nesta sabedoria está a liberdade em relação ao nosso passado, ao conhecido, que é a prisão do condicionamento passado. Quando nos abrimos ao desconhecido, ao campo de todas as possibilidades, nos entregamos à mente criativa que orquestra a dança do universo. O apego é baseado no medo e na insegurança, e cria ansiedade. O apego excessivo aos bens materiais – símbolos transitórios do Eu – traz a sensação de inutilidade e vazio.

7. Lei do Darma ou do Propósito de Vida – “Todos têm um propósito na vida… algo único para dar aos outros. E quando misturamos este talento com o serviço aos outros, experimentamos o êxtase de nosso próprio espírito, o que é objetivo último de todos os objetivos”. Primeiro, devemos descobrir nosso verdadeiro eu; depois, expressar nossos talentos especiais; e finalmente, usar este nosso dom para servir a humanidade.


12/10/12

Conquista


Debruçado sobre teus olhos,
ainda ofegante de escalar alturas
e preso ainda aos teus cabelos para não cair,
eu me punha a f alar como sonâmbulo
num deslumbramento de vertigem…

E então tu me apertavas contra o seio,
como se eu acabasse de ser salvo
em tua vida,
e me revelavas que aquelas palavras que eu dizia
sem nexo, como um tonto,
não eram palavras
eram poesia...


J.G. de Araújo 





The weekend this coming! Put a smile on your face and enjoy the days of rest and be happy ...


11/10/12

Song Of The Wave


I and the shore are lovers :
The wind unites us and separates us.
I come from beyond the twilight
to merge the silver of my foam with the gold of its sand;
And I cool its burning heart with my moisture.
At dawn's coming I read passion's law to my beloved,
And he draws me to his breast.
At even I chant the prayer of longing,
And he embraces me.
I am fretful and without rest,
But my loved one is the friend of patience.
Comes the ebb and I embrace my love;
It flows, and I am fallen at his feet.

How I danced around the daughters of the sea
When they rose up from the depths
To sit upon the rocks
And behold the stars !
How I hearkened to the lover
Protesting his passion to a comely maid :
I did help him with sighing and moaning.
How I consorted with the rocks when they were
cold and still,
And caressed them, laughing, when they smiled not !

How I delivered bodies from the deep
And brought them to the living !
In what measure did I steal from the depths
Pearls, and gave to the daughters of beauty!

In the still night when all created things embrace
the phantom of sleep, I alone am awake, now
singing, now sighing.
Alas, wakefulness has destroyed me, but I am a
lover and the truth of Love is awakening.
Behold my life;
As I have lived, so shall I die.

K.Gibran

Os signos do Ar inclui o (Gémeos) representam a quarta maneira de perceber a realidade. O Ar é, sem sombra de dúvida, o mais poderoso dos elementos pois pode penetrar através de qualquer brecha. A Água, a Terra e o Fogo podem ser contidos com muito maior facilidade do que o Ar. O que é que pode conter o pensamento? Ele é a realidade mais elevada no homem, pois o homem é aquilo que pensa. 

Os signos do Ar procuram o conhecimento, a obtenção da sabedoria é a sua meta final. Eles se identificam com aquilo que sabem, e sentem insegurança diante do que desconhecem. O Ar é independente mas essa é a única maneira de que dispõe para poder transportar livremente o pensamento. O Ar é capaz de ascender para além do Fogo; não é limitado pela Terra, nem se perde na Água. A mentalidade humana simbolizada pelo elemento Ar encontra-se acima da vida marinha, vegetal e animal representada pelos outros elementos. A capacidade de pensar é a maior dádiva do homem! É graças a ela que ele pode inquirir sobre a ordem do universo e, dessa forma, aumentar sua compreensão em relação a ele. Mas um dom não é um dom a não ser que seja usado. O homem precisa aprender a pensar, pois só quando assim o fizer transcenderá sua natureza inferior. O pensamento conduz inevitavelmente a formas mais elevadas de pensamento e traduz a própria característica humana da busca constante. É essa qualidade que desperta o interesse pelo verdadeiro sentido da vida.

Os geminianos: versatilidade e pensamento independente são característicos dos nativos desse signo. Extremamente mentais, cultivam pontos de vista originais e gostam de se dedicar a várias actividades ao mesmo tempo, como se desdobrassem em mais de uma pessoa, tema do mito Castor e Pólux. A duplicidade geminiana sinaliza ainda uma exigência típica de nossos tempos: a necessidade de trocar continuamente de posição para olhar a vida. E mais: talento para ser múltiplo e conciliar trabalho, família e relacionamentos é qualidade de que ninguém pode prescindir.

"As pessoas não são nobres desde o nascimento, mas se enobrecem através de suas acções. As pessoas não são medíocres desde o seu nascimento, mas tornam-se assim através de suas acções. Se existem alguma diferença entre as pessoas, então essa diferença está somente nas suas realizações."
(Daisaku Ikeda)


A melhor maneira de resolver qualquer problema no mundo humano é nos sentarmos-nos e conversarmos.


Crianças do Congo, país mais subnutrido da África, se alimentam dia sim, dia não. Ninguém devia passar fome muito menos as crianças!!!

10/10/12

Devemos ouvir a sabedoria interior da nossa alma e não as opiniões aleatórias de outros, e não perdermos tempo vivendo a vida deles.



Há pessoas que não param de se atormentar com lembranças das coisas passadas; outras se afligem pelos males que virão. É tudo absurdo, pois o que já aconteceu não nos afecta e o futuro ainda não nos toca... Devemos contar cada dia como uma vida separada.

Lucius Séneca
Uma mulher bonita não é aquela de quem se elogiam as pernas ou os braços, mas aquela cuja inteira aparência é de tal beleza que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas."

Lucius Séneca

Não consta nos dicionários...


ABANDONO
Quando a jangada parte e você fica.
ADEUS
O tipo de tchau mais triste que existe.
ADOLESCENTE
Toda criatura que tem fogos-de-artifício dentro dela.
ARTISTA
Espécie de gente que nunca deixará de ser criança.
AUSÊNCIA
Uma falta que fica ali, sempre presente.
FOTOGRAFIA
Um pedaço de papel que guarda um pedaço de vida nele.
FILHO
Um ser adorável e todo seu, que um dia cresce e passa a ser todo dele.
GELO
Aquilo que a gente sente na espinha quando o amor diz que vai embora.
LEALDADE
Qualidade de cachorro que pouquíssimas pessoas têm.
LÁGRIMA
Sumo que sai dos olhos quando se espreme o coração.
OUSADIA
Quando o Coração diz para a
Coragem:
Vá!
E a Coragem vai mesmo.

Fantástico texto que partilho da mesma forma de pensar
(Autor desconhecido)

09/10/12

Desde que somos seres humanos, eternamente existirão algumas espécies de conflitos, rivalidades ou mesmo divergências de opiniões. Entretanto, terminantemente, jamais haver a necessidade de nutrirem-se de ódio ou mesmo matarem-se uns aos outros… O que infelizmente está acontecendo cada vez mais neste mundo do homem.



Shikhei Goh, um fotógrafo muito talentoso que nos dá esta beleza de criaturas minúsculas, ampliadas na sua aparência, para satisfazer a curiosidade das pessoas e deliciar-nos. Insectos e pequenos lagartos são capturados em poses únicas.








As migrações dos animais são alguns dos mais comoventes fenómenos que a Mãe Natureza tem para oferecer. Quando os animais migram, eles costumam fazer de uma forma em grande, como mostra estas lindas imagens.







08/10/12

POESIA

Água Sexual

Rodando calhas solitárias,
há gotas como dentes,
há espessas goteiras de marmelada e sangue,
rodando a calha,
cai a água,
como uma espada em gotas,
como um desgarrado rio de vidro,
cai mordendo,
golpeando o eixo da simetria, pegando nas costuras da
alma,
rompendo coisas abandonadas, empapando o obscuro.

Somente é um sopro, mais húmido que o choro,
um líquido, um suor, um óleo sem nome,
um movimento agudo,
fazendo-se, espessando-se,
cai a água,
a gotejadas lentas,
em direcção ao seu mar, ao seu seco oceano,
à sua onda sem água.

Vejo o verão extenso, e um estertor saindo de um celeiro,
bares, cigarras,
populações, estímulos,
habitações, crianças dormem com as mãos no coração,
sonham com bandidos, com incêndios,
vejo barcos,
vejo árvores de medula
enraizados como gatos raivosos,
vejo sangue, punhais e meias de mulheres,
e pelos de homem,
vejo camas, vejo corredores onde grita uma virgem,
vejo lençóis e órgãos e hotéis.

Vejo os sonhos sigilosos,
admito os dias postergados,
e também as origens, e também as recordações,
como uma pálpebra atrosmente levantada a força
estou olhando.

E então há esse som:
um ruído vermelho de ossos,
um grudar-se de carne,
e pernas amarelas como espigas juntando-se.
Eu escuto entre o disparo dos beijos,
escuto, sacudindo entre respirações e soluções.

Estou vendo, ouvindo,
com a metade da alma no mar e a metade da alma
na terra,
e com as duas metades da alma olho o mundo.

E ainda que feche os olhos e me cubra o coração inteiramente,
vejo cair uma água surda,
a grossas gotas surdas.
É como um furação de gelatina,
como uma catarata de esperma e medusas.
Vejo correr um arco íris turvo.
Vejo passar suas águas através dos ossos.

Pablo Neruda

Adoptar um animal exige responsabilidade do dono e um compromisso com a vida de seres indefesos. O abandono é um acto desprezível. Um animal é para a vida inteira e a nossa responsabilidade por eles também. Adoptar por um impulso pode vir a resultar num futuro abandono. Antes de querer adoptar um animal pensem em todos os prós e contras, nas vossas condições para o poder fazer. Um animal  não é uma coisa que hoje se tem e amanhã se deita fora!!!

Intimidade



A intimidade intimida
pois nem sempre é bela
e raramente é falada
de peito aberto.

A intimidade é para poucos,
é para aqueles que não julgam
e que não destroem
com um olhar a fantasia.

A intimidade intima
à verdade
à dor, à culpa,
ao medo de não ser mais.

A intimidade não perdoa,
pois se intitula real,
traz conflitos, paradoxos,
sonhos esquecidos.

A intimidade se mostra
na despretensão de ser o que se é,
na crueza da alma,
na palavra perdida.

Adriana Roitman

A medicina no combate ao cancro.


A aspirina é uma droga antiga, descoberto pela primeira vez na forma de ácido salicílico em casca de salgueiro-branco. Mas esta substância de ocorrência natural criava uma severa irritação no estômago  o que levou a empresa alemã Bayer desenvolver uma versão alternativa ( ácido acetilsalicílico ) o que se tornou menos agressivo com a barriga. Aspirina é agora, sem dúvida uma das drogas de maior sucesso de todos os tempos, e ainda está sendo investigada pelo seu potencial em prevenir ou até mesmo tratar o cancro .

07/10/12


Um gato sem pelo e rato sem pelo nada têm em comum dentro das suas próprias espécie. Não faz sentido para eles mas houve um vínculo e tornaram-se bons amigos. É bizarro! mas tudo é possível com um pouco de amor.